NOTAS DA EQUIPE

Olá!
Bem-vindo(a) ao Urameshi Downs!
Novo(a) aqui? Então vamos para algumas considerações:

__ Se está com dúvida sobre como acessar os links dos episódios, veja AQUI.
__ Antes de fazer seu pedido, confira se ele já não foi legendado por outro fansub no CADÊ MEU DORAMA ou no DRAMALAND BRASIL.
__ Não apresse a equipe! Tudo é feito conforme nosso tempo livre e disponibilidade, não impomos prazos, então novos lançamentos podem acontecer em um dia ou um mês, perguntar e cobrar não vai fazer ser disponililizado mais rápido.
__ Antes de reclamar sobre algo, confira se não houve um erro da sua parte ou é alguma configuração do seu aparelho. Se não sabe de algo, pesquise, seja mais independente. Nosso fansub só tem duas pessoas ativas no momento para fazer tudo, e o tempo que gastamos tendo que ajudar em coisas que você mesmo pode resolver é um tempo que poderíamos usar para adiantar os projetos do fansub.
__ E também não esqueça de agradecer! Todo nosso trabalho é voluntário, então ficamos felizes quando temos um feedback positivo de nossos seguidores.

~Equipe Urameshi

terça-feira, 11 de abril de 2017

│Resenha: K-Movie “Baby and Me”




Nome: Baby and Me

Ano: 2008


E ai, pessoal. Tudo bonzinho? Espero que sim! 

Devo confessar a vocês que quando se trata de filmes asiáticos, eu prefiro os chineses e os japoneses, no entanto, hoje, agora, trago uma mini resenha de um filme coreano bem lindinho. Mas como assim, Josi? Mini? Sim, mini. Pois como é um filme, eu não quero dar spoiles para não perder a graça de quem ainda não o assistiu. U.U


Enfim...





O filme conta a história de Han Joon Soo, um jovem rebelde de 18 anos que vive trazendo problemas para os pais. Estes fogem de casa na esperança de que Joon Soo venha amadurecer sozinho. (Imaginem se essa moda pega.) 








E realmente isso acontece, mas não é porque ele fica sozinho, mas sim porque enquanto ele estava em um supermercado, alguém coloca um bebê dentro do seu carrinho deixando junto com ele uma nota alegando que ele é o pai. A princípio ele fica louco, tenta abandonar a criança várias vezes, mas sempre desiste.






O bebê é tão lindinho que deu vontade de ter um. HaHa Só que não! (Não agora U.U), Enfim... A criança consegue trazer à tona o senso de responsabilidade de pai de Joon Soo. Foi lindo vê-lo amadurecer ao longo do filme por intermédio das dificuldades que se apresentam. Dá pra imaginar né, um estudante rebelde  de 18 anos cuidando de um bebê. 

Como resistir a isso? ♥ ♥ ♥
E ah, também tem a Kim Byeol, uma garota muito inteligente e meio louquinha que se apaixona pelo o Joon Soo assim que o vê. E inclusive, ela o ajuda bastante na criação do bebê já que ela tem uma "creche" em casa. Hehe  


Kkkkkkkkkkkkk 

A atitude dessa garota representa a minha quando eu encontrar o Lee Jun Ki Oppa.



Enfim... Fica a dica, pois vou ficando por aqui. 

Beijos de luz ;* 

***

Nenhum comentário:

Postar um comentário